quarta-feira, janeiro 12, 2005

Dois jornalistas do Expresso acusados de difamação

Fernando Madrinha e Rosa Pedroso Lima, jornalistas do Expresso, foram acusados pelo Ministério Púbico pela prática de dois crimes de difamação agravada do juiz José Manuel Simões de Almeida, avança hoje o Público.
E este é daqueles casos em que parece não haver muita esperança para os jornalistas...

1 Comments:

At 5:07 da tarde, Blogger Torcena said...

O problema é alguns jornalistas confundem liberdade de imprensa, com "ditadura" de comunicação social.
Quando são os jornalistas os alvos, como neste caso, vem logos todo os sistema corporativo ao de cima.É só esperar para ver.
Quando os jornalistas não respeitam algumas regras básicas do jornalismo ( confirmar as noticias ) e são depois processados, como parecer ser o caso, não faltam
depois clamores contra a "liberdade de informar"...

Infelizmente, também o "Expresso" está a deixar-se "enrolar" por Felicias, Madrinhas e outros que tais.

 

Enviar um comentário

<< Home